Começando uma atividade física

Começando uma atividade física

Se você clicou neste artigo, acredito que esteja pensando no primeiro passo para iniciar aquela tão adiada atividade física, e até mesmo por onde começar, quais as opções para que possa ver qual melhor te chama atenção e esteja disposto (a) a começar.

Ótimo! Esse já é um primeiro passo na melhora da sua saúde, e estamos aqui para te ajudar a escolher pelo menos uma atividade que irá mudar o seu hábito sedentário e tornar sua rotina mais prazerosa, saudável e disposta.

Por que é importante praticar uma atividade física?

Vamos revisar os pontos básicos que provavelmente seu professor de academia, educação física ou seu médico já tenha apontado. A prática de atividade física está ligado a melhora tanto mental quanto propriamente física.

Elas contribuem para a socialização do indivíduo, melhora do seu bem-estar, prevenção a doenças, por exemplo, cardíacas, como também torna seu corpo mais saudável e esculpido.

Por onde começar?

 

É provável que exista alguma aptidão em você, alguma atividade que possa facilitar a prática de atividade física. Algo que motive e que você pegue gosto a ponto de ficar ansioso (a) para chegar aquele horário. Pode ser uma luta, puxar ferro, dançar ou até mesmo um esporte.

Para tentar te ajudar, listamos algumas atividades que possa ser o ponta pé inicial para o início da sua rotina fitness.

Lutar Jiu jitsu

O Jiu jitsu é uma modalidade de luta que ficou popularizada no Brasil, devido a família Gracie. Uma das famílias mais tradicionais no Jiu jitsu. Com o uso de um kimono jiu jitsu, os oponentes tem como objetivo imobilizar o adversário como forma de vencer o combate.

Neste tipo de luta, não é permitido soco, chutes, cotoveladas ou outro tipo de agressão. Aqui a técnica faz toda a diferença, além dos esforços e força exigidos para derrubar seu oponente. Você verá os benefícios, como perda de peso, tonificação dos músculos e sensação de bem-estar.

Dançar

Todos gostam de escutar algum tipo de música, não é verdade? Mas você também pode dançar. É uma das atividades mais prazerosas e estimulantes. Além dos seu vários ritmos que permitem chegar ao seu gosto pessoal, a socialização, amigos que faz na dança pode se tornar um hábito relaxante depois daquele dia estressante.

A dança por ser dinâmica permite vários benefícios, como Aumentar a freqüência cardíaca, o que ajuda a bombear mais sangue ao corpo, melhora a flexibilidade, coordenação, te deixa mais confiante, além de outras vantagens, exemplo, bem-estar físico e mental.

Aqui o negócio é encontrar aquele ritmo que te contagie. Faça aulas gratuitas que muitas academias oferecem, você pode encontrar sua nova paixão.

Andar de bike

Andar de bicicleta é quase que terapêutico! A sensação livre, vento no rosto e admirar o ambiente, faz com que andar de bicicleta não tenha caído no esquecimento. Conforme você vai colocando trajetos e superando, seu corpo vai criando resistência e você colocando trajetos cada vez mais longos.

Além dos benefícios de saúde, como tonificar músculos, melhorar a circulação sanguínea, você também tem a sensação de bem-estar, a sensação de evolução e de estar sempre se desafiando.

Em SP, por exemplo, há diversas ciclovias que permitem andar de forma mais segura, e também encontrar novas pessoas com este mesmo hábito.

Então, tire aquele pó da sua bike ou alugue uma, e vá para a rua!

Conclusão

Demos 3 primeiras opções em territórios distintos para que possa escolher aquele que melhor lhe agrada. Mas não se prenda nesses três. Se interessou por luta, mas não curtiu Jiu jitsu? Sem problemas! Você pode escolher outras como judô, capoeira, Muay Thai, boxe e outras.

Na dança você tem diversas alternativas, desde o samba rock ao sertanejo universitário. Encontre o seu ritmo.

Não sabe andar de bicicleta? Essa é a oportunidade de aprender, nunca é tarde! Mas você também tem outras opções mais street, como caminhada ou até mesmo uma corrida.

O importante é deixar o sedentarismo de lado e começar a atividade física!

Tênis para iniciar sua corrida

Tênis para iniciar sua corrida

Não sei você, mas não tenho paciência em correr em uma esteira. Pra mim é entediante ver aquele relógio ficar cronometrando e você tendo a sensação que está lá a 30min, mas na verdade só se passaram 2min.

Por isso, para fugir deste tédio, optei por correr na rua. E é bem melhor, diga-se de passagem. Você tem contato com o ambiente, árvores, ar puro, contato com a natureza. Entre correr dentro de uma academia e ir correndo para o parque, não teve dúvidas.

Mas além da sensação de bem estar de um novo ambiente, é preciso que você se equipe bem para que torne essa experiência também agradável. A escolha do tênis errado, fará com que sua corrida seja mais cansativa do que deveria, e as dores irão incomodar mais rapidamente.

Tênis para iniciar sua corrida

A importância do tênis de corrida correto

Além do incomodo que comentei, a performance também é afetada de acordo com o calçado que utiliza, isso porque há diferenças entre amortecedores e pisadas que devemos observar no momento de comprar um tênis para corrida.

Por isso, separamos alguns tênis de corrida que você pode comprar para iniciar sua prática esportiva.

Tênis Saucony Hurricane ISO3

O tênis Saucony é um dos melhores tênis para corrida que você pode adquirir. Possui um alto nível de amortecimento e suporte. Irá lhe atender muito bem na sua prática esportiva. Possui a tecnologia EVERUN resulta em dinamismo nas suas corridas.

Olympikus Challenger

A marca Olympikus é bem conhecida entre os praticantes de corrida. Esse modelo possui um valor menor que a linha Saucony, mas pode ser uma bela aquisição de início para suas atividades. Não é um tênis exclusivamente para corrida, mas pode ser o começo para utilizar em conjunto com outras atividades físicas.

Você pode encontrar esses tênis com valor aproximado a R$ 200,00. Possui uma peso leve de até 232g, ele possui uma pisada neutra.

Asics Gel Patriot 7

Especialistas apontam como um ótimo custo benefício para corredores iniciantes. Ele possui a tecnologia AHAR, o que diferencia em sua durabilidade, e absorção de impacto. O que é muito importante para você que quer correr e não sentir dores logo no início da sua corrida.

Ele possui uma pisada neutra, com peso de até 290g. Ele é um pouco mais pesado que Olympikus, o que alguns apontam como desvantagem deste calçado.

Mizuno Wave Impetus 4

Lembro do meu primeiro Mizuno! Não era bem para corrida, mais pra jogar bola. Mas isso não tira o fato de como é confortável os tênis desta marca, e o design atraente. Além de um bom custo benefício também.

Este tênis possui um peso de até 255g  com uma pisada neutra. Os valores você encontra pela faixa de R$ 180,00 a R$ 200,00 (em algumas lojas até mais barato).

Confortável, boa qualidade, acabamento simples, este modelo atrai desde corredores iniciantes a corredores mais experientes.

Conclusão

Independente do tênis, outros pontos devem ser observados no momento de iniciar uma corrida. A consulta a um médico ainda torna importante para um checkup para ver se está tudo no conforme.

A escolha do tênis certo, vai lhe dar além da sensação de conforto, a busca por performar cada vez mais na sua corrida!

Alimentos podem ser anti-inflamatórios naturais

Alimentos podem ser anti-inflamatórios naturais

A dieta rica em alimentos anti-inflamatórios pode prevenir e bloquear a inflamação.

Adeus medicamentos! Os alimentos vão além da nutrição e tornam-se aliados na batalha contra doenças inflamatórias. O controlo da inflamação é feito pelo corpo através de hormônios que a intensificam ou a diminuem a fim de permitir que o processo inflamatório ocorra quando realmente seja necessário, tanto para reparar uma lesão como proteger contra uma infecção. Os alimentos têm um efeito importante nos níveis dos hormônios, podendo ativar ou inibir a ação inflamatória.

Se você quer uma maneira fácil de aumentar o ph e diminuir as dores, você pode comprar biomac.

Alimentos podem ser anti-inflamatórios naturais
Alimentos podem ser anti-inflamatórios naturais

Melhorando a alimentação

 

A dieta rica em alimentos anti-inflamatórios pode prevenir e bloquear a inflamação, fortalecendo o sistema imunológico e o equilíbrio de todas as funções básicas do organismo. Entre os alimentos com maior ação anti-inflamatória destacam-se os ácidos gordos ômega-3, encontrados no azeite de oliveira extravirgem e peixes de águas frias (salmão, atum, bacalhau, arenque, cavalinha, sardinha e truta). No organismo, estes ácidos são convertidos em substâncias semelhantes aos hormônios, que reduzem inflamações.

Chá verde, alho, aveia, cebola, crucíferas (brócolis, couve-flor e repolho), semente de linhaça, soja, tomate e uva são alimentos com substâncias bioativas que tem ação na modulação do processo inflamatório e são antioxidantes. “Algumas inflamações podem oxidar as células que constituem as paredes do vaso sanguíneo. No entanto, os alimentos antioxidantes podem ajudar a evitar estas lesões”, alerta a nutricionista Roseli Rossi.

A inflamação, muitas vezes, pode aumentar o risco de desencadear certas doenças, como: cancro, diabetes, doenças cardiovasculares, obesidade, Alzheimer, alergias e artrite. Para se alcançar o efeito de anular alterações no sistema imunológico, o cardápio de alimentos anti-inflamatórios deve ser alimentos com baixo ou moderado Índice glicêmico (IG) e, consequentemente, baixa carga glicêmica.

atleta com inflamação
Para atletas de alto nível a alimentação é fundamental para manter o bom desempenho em seus respectivos esportes.

 

Batata assada, batata frita, bolos, biscoitos, trigo branco, farinha integral e cream cracker são alguns dos alimentos que apresentam alto índice glicêmico que em vez de inibir a inflamação, estimula-a.

“A inflamação não pode ser vista só como ponto negativo. Considerada uma resposta do organismo, ocorre tanto para melhorar um ferimento como proteger contra uma infecção”, completa a nutricionista Roseli. O processo inflamatório serve como barreira para os micro-organismos não penetrarem nas mucosas e feridas de tal forma a comprometer o organismo. Além disso, a inflamação resulta na cicatrização de lesões.

Os hormônios que estimulam a inflamação são sintetizados a partir dos ácidos gordos ômega-6, encontrados em óleo de milho ou girassol, soja, sementes de girassol, gergelim, castanhas e nozes. “Os ácidos gordos ômega-6 estimulam a inflamação e os ácidos gordos ômega-3 diminuem o processo inflamatório. Por isso há necessidade de consumi-los em equilíbrio” afirma a nutricionista.

10 Alimentos que aumentam a testosterona

10 Alimentos que aumentam a testosterona

A testosterona é um hormônio natural, produzido pelo próprio corpo e que é comparado a um esteroide anabolizante, devido aos efeitos de aumentar a massa muscular, aumentar o desejo sexual e algumas outras coisas.. Nesse artigo, você vai conhecer dez alimentos que aumentam os níveis desse hormônio no seu corpo.

10 Alimentos que aumentam a testosterona

  1. O primeiro maravilhoso alimento que aumenta a testosterona é o ovo. Os ovos possuem gordura saturada, ômega-3, vitamina D, colesterol e proteína. Esses são componentes que aumentam a testosterona.

  1. Carne vermelha ajuda no aumento da testosterona também. São preferíveis as carnes magras, como alcatra, filé mignon, maminha, fraldinha e baby beef. As carnes magras possuem baixa quantidade de gordura saturada e possuem zinco, o que fazem com que aumente os níveis de testosterona.

  1. O abacate é uma bênção, pessoal. Diminui a taxa de colesterol e aumenta o nível de testosterona no organismo, porque possui gordura monoinsaturada. Além disso, ele melhora os resultados da musculação.

  1. A banana possui riboflavina, potássio, vitamina D, que contribuem para a produção da testosterona. Além de tudo isso, a banana também possui a bromelina, que aumenta o nível do hormônio.

  1. Feijão. O feijão é um vegetal que possui diversas coisas que auxiliam a produção de testosterona. A grande quantidade de zinco presente nos grãos favorece ainda mais o aumento da produção do hormônio.

  1. O alho é responsável por reduzir os níveis de cortisol no organismo. O cortisol é uma substância que é produzida no organismo em situações de estresse — por isso que é conhecido também como o hormônio do estresse —, que acaba por diminuir os níveis de testosterona, causando uma diminuição da libido sexual. Justamente por isso é que o consumo de alho cru aumenta a taxa de testosterona e o apetite sexual.

  1. Aumente o consumo das gorduras saudáveis. As gorduras saudáveis estão presentes em diversos alimentos, como castanhas, nozes, azeitonas, amêndoas, azeite extra-virgem, azeite de oliva, linhaça, e óleos vegetais, como soja e girassol.

  1. Ô, fruta poderosa para os homens que querem alcançar ereções mais potentes e duradouras. O fato se dá porque a melancia aumenta o impulso do fluxo do sangue, e aí… já viu, não é?

  1. O mel é o cara, rapazes. Dentre os vários benefícios, ele contém um mineral associado a níveis altos de testosterona, além de possuir o óxido nítrico, que abre os vasos sanguíneos, tendo o mesmo efeito causado pelo consumo de melancia.

  1. O brócolis é um alimento que aumenta a produção de testosterona, já que possui um mineral chamado índole-3-carbinol. Outros alimentos como couve e aspargos também possuem esse mineral.

O consumo desses alimentos em sua dieta vão estimular células do seu corpo a produzirem hormônios que farão você ter maior apetite sexual. Além dos alimentos, é indicado que você tome suplemento para aumentar o desempenho sexual para que os resultados sejam realmente expressivos.