Os principais cuidados com idosos

Os principais cuidados com idosos

Quem está na terceira idade sabe que nesse período da vida as coisas não são tão fáceis como antigamente, há certos problemas e vulnerabilidades, e por isso é importante ter alguns cuidados.

E quais seriam esses cuidados? A partir de agora você irá conferir!

Alimentação e atividades físicas

A alimentação na terceira idade deve ser equilibrada, ou seja, precisa conter frutas, verduras, legumes, grãos, leite, sucos naturais e bastante água.

Além disso, é necessário estimular a prática de atividades físicas para que o idoso mantenha a saúde em dia e não sofra com o sedentarismo e doenças, como obesidade, diabetes, osteoporose e doenças cardíacas.

Higiene

Outra questão relevante é relacionada a higiene, por exemplo, ao tomar banho o idoso pode escorregar ou cair, por isso recomenda-se supervisionar os banhos ou instalar barras de apoio no banheiro.

Além disso, é necessário ficar atento a higiene bucal (que se não for bem feita pode causar diversos problemas, inclusive na hora da alimentação) e a limpeza no geral, pois caso o idoso use fraldas é preciso trocar as fraldas sempre que necessário.

Segurança

Em casa, é essencial manter os objetos e móveis em lugares certos e organizados, pois se estiverem espalhados podem causar acidentes e quedas. Além disso, tapetes e pisos molhados podem ser arriscados.

Dessa forma, o ideal é que tenha tapetes e pisos antiderrapantes nos cômodos e também que os ambientes sejam bem iluminados, principalmente escadas e corredores.

Medicamentos

Uma pessoa idosa costuma ter em sua rotina o uso de medicamentos. Logo, é fundamental prestar atenção para que os remédios sejam tomados na hora certa e na quantidade correta.

Ainda nesse ponto, vale lembrar a necessidade de consultas médicas regularmente para verificar como anda a saúde do idoso, se houve alguma mudança na saúde ou nos remédios.

Ajuda

Por fim, é fundamental que o idoso tenha ajuda de familiares, amigos e colegas, seja para auxiliar na segurança, saúde, alimentação e outras necessidades diárias.

E como sabemos, muitas pessoas passam grande parte do dia fora de casa, principalmente por causa do trabalho. Portanto, caso não haja tanto tempo para ajudar de perto, é possível buscar um residencial para idosos, onde a pessoa terá todo um tratamento e cuidado profissional para viver bem e sem grandes problemas.

Saiba como e quando lavar as roupinhas do recém-nascido

Saiba como e quando lavar as roupinhas do recém-nascido

Após finalmente escolher o enxoval do bebê e a saída de maternidade, uma dúvida costuma surgir em relação a esses itens: como lavar as roupinhas do recém-nascido? Por isso, neste artigo vamos explicar para você como fazer isso, sem ter dor de cabeça. Confira!

Quando lavar?

A lavagem das roupinhas é indicada antes mesmo de vesti-las no pequeno, além disso, inclua as toalhas, fraldas, fronhas e os lençóis na higienização, pois estes itens (mesmo novos) podem conter ácaros, fungos ou poeira, que afetam a saúde do bebê.

Isso porque a pele de um recém-nascido é bastante sensível e vulnerável a alergias, assaduras e dermatites. Portanto, é fundamental ter cuidados neste momento.

A sugestão para começar a lavagem de todo o enxoval é a partir do sétimo mês de gestação, assim tudo fica pronto, limpinho, mesmo em caso de imprevistos.

O que lavar?

  • Roupinhas;
  • Meias;
  • Toalhas;
  • Fraldas;
  • Luvas;
  • Gorros/Toucas;
  • Lençóis;
  • Fronhas;
  • Sacos;
  • Tudo que tiver contato com a pele do bebê.

Como lavar?

Separe uma bacia, um balde e escolha um sabão de coco ou neutro (com pH menos ácido e com índices baixos de aroma na composição). Evite produtos químicos, alvejantes, amaciantes, removedor de manchas e sabão em pó comum, também não se esqueça de separar as roupinhas do restante da família e de retirar as etiquetas para evitar incômodos ao pequeno.

Para peças mais delicadas, escolha a lavagem a mão. Deixe as roupinhas de molho na bacia cerca de 15 minutos com o sabão adequado e enxague muito bem para que os resquícios do produto não fiquem no tecido. Preste bastante atenção nessa parte e depois de todo o processo coloque-as no varal para secar.

Além disso, você também pode lavá-las e secá-las na máquina, pois é uma maneira mais rápida, eficiente e útil nos dias de hoje. Não esqueça de lavá-la (ciclo de lavagem) antes de colocar as roupinhas e não misture peças brancas e coloridas.

E caso a roupinha fique com um cheiro muito forte de sabão depois de lavada, talvez seja preciso realizar uma nova limpeza, pois o produto pode ter ficado em excesso na peça e isso incomodará o bebê.

Outro ponto após a lavagem é passar as roupinhas. Coloque-as do avesso e utilize o ferro para passar, assim você pode matar qualquer bactéria que ainda esteja no tecido. Depois dobre tudo e guarde organizadamente.

Vale ressaltar que os recém-nascidos costumam se sujar bastante, então provavelmente haverá um grande número de roupinhas para lavar durante os primeiros meses.

Veja abaixo vídeo de como lavar as roupas do bebê com o Dr Bactéria:

Gás de Cozinha na Palma da Mão

gas de cozinha

Pelo app da Preço do Gás você acha muitas revendas de gás de cozinha GLP próximo de você. Vai poder solicitar Gás de Cozinha num botão do app.

Para achar revendedores de gás de cozinha mais próximo de você, nesse momento como você faz? Telefona? Isso finalizou, agora você compra em distribuidores de gás de cozinha pelo app.

Pelo aplicativo da Preço do Gás você descobre muitos distribuidoras de gás de cozinha próximo de você. Vai poder pedir Gás de Cozinha num botão do app. Pedindo on line, além de ter a entrega mais veloz, você poupa, já que vai solicitar do fornecedores de gás de cozinha com preço mais em conta, da mesma marca que está acostumado comprar todos os meses.

Através do site da Preço do Gás, além de encontrar muitos depósitos de gás, você vai encontrar de todos os tipos de Gás de Cozinha GLP, como exemplo:

  • Gás de Cozinha GLP 2kg
  • Gás de Cozinha GLP 13kg
  • Gás de Cozinha GLP 20kg
  • Gás de Cozinha GLP 45kg

Ao comprar Gás de Cozinha através do site o distribuidoras de gás de cozinha é informado no momento em que você pediu seu Gás de Cozinha.

Desse modo sua entrega vai chegar mais rápido do que você ligar pelo telefone.

gas de cozinha

Examinando o Melhor Preço do Gás

O Gás de Cozinha é um produto importante para o dia a dia. E o seu preço pesa no carteira de uma família. Visto isso que a Preço do Gás fez um aplicativo onde que seja possível pesquisar o Preço do Gás mais barato.

O aplicativo da Preço do Gás é bem fácil de utilizar. É só inserir o endereço da entrega. Depois disso o aplicativo da Preço do Gás vai reproduzir todos os distribuidoras de gás que poderão a realizar a entrega no local.

Avaliação de Qualidade dos Revendedores de gás

Quando um cliente faz um pedido de Gás de Cozinha o aplicativo disponibiliza uma avaliação para que o fornecedor de gás receba uma nota.

Assim os próximos compradores que pedirem o Gás de Cozinha desses revendas de gás de cozinha irão saber qual nota que receberam dos consumidores que fizeram pedido antes

Enfim você vai comprar nos revendedores de gás de cozinha que alguém já avaliou.

Depósitos de gás Autorizados pela ANP

Todos os revendas de gás de cozinha cadastrados no no aplicativo da Preço do Gás são legalizados pela ANP.

Desse modo todos depósitos de gás de cozinha passam mais credibilidade para que você receba seu Gás de Cozinha somente com distribuidoras de gás de cozinha autorizados pela ANP.

Cidades onde Descobrir Distribuidoras de gás

A Preço do Gás trabalha em todas as cidades do Brasil. Sendo que em algumas cidades têm mais revendedores de gás de cozinha cadastrados.

Em algumas cidades como Santos temos mais depósitos de gás de cozinha cadastrados.

No caso de na sua cidade não haja um distribuidores de gás de cozinha cadastrado no aplicativo da Preço do Gás acesse depois, porque estamos a todo instante cadastrando novas distribuidoras de gás

Dicas para ter assunto no WhatsApp com aquela pessoa

desconto-em-moteis

desconto-em-moteis

As tecnologias mudaram o modo de se relacionar hoje em dia. Antigamente as pessoas conversavam pessoalmente, marcavam encontros por telefone… não que essas coisas deixaram de existir, mas com o uso de aplicativos como, Tinder e WhatsApp, surgiram novas possibilidades de relacionamento.

Porém, muitas pessoas têm dificuldades ao iniciar uma conversa online ou até mesmo em mantê-la com assuntos que sejam realmente interessantes. Por isso, neste artigo vamos dar dicas fundamentais para você ter o que falar com aquela pessoa.

Lembrando que não existe uma fórmula mágica que vai dar certa com todo mundo, mas há caminhos que podem facilitar as coisas.

ENTENDA A PESSOA

Seja homem ou mulher, existem pessoas mais sérias e pessoas mais descontraídas, então cuidado ao usar determinado tipo de linguagem ou abordagem. Ter bom humor é um dos fatores mais indicados, mas claro, sem ser palhaço (a).

Além disso, não fique enviando mensagem toda hora para pessoa, a cada 1 minuto. Isso pode demonstrar carência, desespero e principalmente, pode encher o saco e a pessoa não vai querer conversar mais. Então use o WhatsApp com moderação.

EVITE OS ERROS ORTOGRÁFICOS

“Oq voçe axa diso?” Ninguém merece quem escreve dessa forma, né?! Muitas pessoas acham que só porque estão na internet e conversando por aplicativo podem escrever de maneira errada ou sempre abreviada, mas isso é errado.

Claro que é difícil saber 100% a língua portuguesa e todas as regras gramaticais, mas minimizar erros já é um ponto importante para não causar uma má impressão. Nesse caso, é indicado estudar e ler bastante sobre diversos assuntos, pois te ajuda a conhecer novas palavras e temas para usar em uma conversa.

A CONVERSA

Após esses dois pontos citados acima, é hora da conversa. Como já foi dito, não existe um jeito infalível que vai agradar todas as pessoas, mas ter alguns cuidados ajuda a tornar o papo mais interessante e relevante.

Então, inicialmente procure uma abordagem diferente, ou seja, não faça mais do mesmo. Não chegue já chamando de “gatinha ou gatinho”, seja mais cauteloso e chame pelo nome da pessoa e com o passar do tempo você vai conhecendo-a melhor a ponto de usar esses adjetivos ou não.

Uma dica para puxar assunto é ver as redes sociais da pessoa, o que ela já fez ou gosta. Por exemplo, ela pode postar uma foto de uma viagem, logo você pode perguntar “como foi a viagem?”, “você tem parentes lá?”, “é muito diferente daqui?”, entre outras perguntas. É preciso saber explorar essas situações.

Outro caso ainda relacionado ao parágrafo acima é sobre o que ela gosta, ou seja, você pode questionar “vi que você gosta dessa banda, você já foi no show deles?”, “eu adoro esse cantor também, qual sua música favorita?” ou até mesmo “você toca algum instrumento?”

Além disso, vocês podem conversar sobre escola, faculdade, trabalho, bares, baladas, cinema, cultura, livros, memes, viagens, sonhos e uma infinidade de assuntos, basta saber explorar, sem ficar forçado.

Agora se você estiver em um nível mais avançado na conversa, por que não marcar um dia para sair pessoalmente, seja em um restaurante, bar ou até mesmo um lugar mais reservado? É importante não ficar somente no relacionamento online e existem aplicativos para tudo, inclusive que oferecem desconto em motéis.

E se mesmo assim você ainda estiver com dificuldades para puxar assunto, hoje em dia há apps que podem te ajudar nisso, como o Puxa Assunto e Tô Sem Assunto, vale a pena baixar e dar uma olhada para ter ideias.

Ah, importante ressaltar que a conversa não é uma entrevista de emprego, ela precisa fluir e você tem que ver se a pessoa está interessada em manter o diálogo, pois se só você pergunta e ela dá respostas curtas, sem dar importância ao que você pensa, talvez seja um indício de que ela não está interessada, então não insista demais e siga a vida.

Como Fazer a Inscrição no CNH Social

Você sabe que os benefícios do governo podem dar a você licenças de condução nacionais gratuitas? Isso mesmo! Existem várias pessoas que já ganharam e você não pode ignorar isso. Esse tipo de bem-estar é chamado de comunidade CNH, você não paga absolutamente, nenhum um centavo, você tem sua CNH. Neste artigo, você receberá todas as informações para aprender Como Fazer a Inscrição no CNH Social. Fique atento!

Como Fazer a Inscrição no CNH Social

Como Fazer a Inscrição no CNH Social

CNH Social ou CNH Popular, também conhecido como, destina-se a fornecer acesso a todas as pessoas de baixa renda e pode emitir carteiras de motorista ou desejar incluir novas categorias, seja pra uso próprio, ou para trabalhar como motorista, e uma das opções mais procuradas no momento para aumentar a renda mensal é ser motorista Uber. Este benefício existe desde 2011 e muitas pessoas não sabem sua existência.

Essa vantagem é uma das melhores do governo. Embora isso tenha beneficiado milhares de pessoas que não podem emitir cartas de condução nacionais, em cooperação com o projeto da CNH, a comunidade trabalha e ajuda muitas pessoas em Como Fazer a Inscrição no CNH Social.

As vagas são alocadas de acordo com cada categoria de qualificação:

  • Primeira qualificação
  • Adicione uma categoria;
  • Mudança de categoria.

CNH Social: Qual o preço?

Como mencionado anteriormente, o CNH gratuito é um projetado e criado  para ajudar todos aqueles que não podem emitir uma carteira de habilitação nacional, por isso não tem taxas e proíbe qualquer cobrança de taxa, desde o processo do registro à impressão, não cobra taxas.

CNH Social: Quais requisitos Necessários?

Para obter quaisquer benefícios do governo, existem vários requisitos. Com o plano social da CNH, isso não é exceção. O primeiro requisito é que você tenha até dois salários mínimos. Listar outros requisitos abaixo, verifique:

  • Mais de 18 anos;
  • Saber ler e escrever;
  • Renda familiar de até dois (2) salários mínimos;
  • Você está desempregado há mais de 1 (um) ano;
  • Como beneficiários de programas sociais, como o Bolsa Família e chapéus de palha;
  • Um estudante da rede pública e tenha um bom desempenho;
  • Estar no CadÚnico;
  • Entre outras coisas.

Dependendo do estado em que reside, você precisa atender a todos os padrões, outros precisam apenas de alguns padrões, ou você só atende a um dos requisitos listados acima, mas isso está de acordo com os regulamentos do seu estado.

Alguns profissionais que querem retornar ao mercado de trabalho, como motoristas de ônibus, detentores de ingresso e lanchas a motor, podem obter alguns benefícios adicionais. O programa social da CNH não é apenas benéfico para quem quer a primeira CNH, mas também para todos aqueles que querem se classificar. É muito importante verificar as informações e os requisitos de cada aplicativo.

CNH Social: Estados e Inscrição

Sabemos que, com o avanço da tecnologia, várias assuntos e burocracias podem ser resolvidos e requisitados pela Internet. A este respeito, alguns estados estão muito à frente. Isso envolve:

  • Pernambuco;
  • Espírito Santo
  • Paraíba
  • Minas Gerais
  • Maranhão
  • São Paulo
  • Rio Grande do Sul.

Entre esses estados, existem alguns sites que facilitam a vida dos cidadãos: o site do Detran é o principal e oficial. No site, você pode executar vários serviços sem sair de casa. A Sest/Senat também está envolvida neste programa, você pode consultar esta agência nacional para ver se há vagas.

Para se inscrever em um programa social da CNH, você deve ir ao site do Detran do seu estado. Se disponível, por favor consulte o DETRAN sobre o status da disponibilidade do plano social da CNH e siga as novidades do plano, e não perca esta oportunidade.

Para se inscrever, siga as instruções:

  • Ao definir um link Detran de seu estado, procure a versão CNH Social no site e em alguns estados como a versão CNH popular;
  • Clique na opção “CNH Social / Popular” e siga as instruções de registro em seu site;
  • Após o registro, seus dados serão avaliados para confirmar que você atende aos requisitos do programa;
  • Os resultados da divulgação serão anunciados no site Detran na data especificada no anúncio.

Você deve fornecer os seguintes documentos para confirmar as informações:

  • CPF (original e cópia);
  • Documentos oficiais com fotos: RG, CNH, CTPS ou Reservista. (Original e fotocópia);
  • Certificado de residência. (Original e fotocópia);
  • Certidão de casamento, união estável ou declaração de divórcio. (Original e cópia)

O registro da CNH Social é aberto a partir do cronograma do calendário atual do Detran, portanto, seja atento e informado para não perder esta oportunidade Como Fazer a Inscrição no CNH Social, essa é uma oportunidade ótima para você e para indicar a familiares e amigos.

Veja além dessa, outras dicas para o seu dia dia no Comunidade Moda.